sábado, 28 de agosto de 2010

bela matisse


Bela Matisse Lio Chaves
(by Patricia e Hugo Lio Chaves)

Matisse foi o primeiro nome que elegi para minha gata amarela e branca. Em seguida meu filho quis trocar seu nome por Bela, bati o pé e sugeri Bela Matisse. Dias depois a bichana já era da família e levou o sobrenome.
Matisse foi um presente que ganhei do acaso, quando meu filho e Igor estavam passando férias de julho em nossa cidade natal, Belém. Ela estava na portaria do meu prédio quando cheguei de um happy hour. O portão se abriu, a gata miou e acariciou minha perna. Judiação, deve estar fome, pensei. Perguntei ao porteiro o que ela fazia ali, ele disse que há um mês estava vagando pelo prédio, de vez em quando comia uns pedaços de pizza que sobravam, e brincava com as crianças. Subi com a gata até o apartamento, preparei um bife e ela devorou ferozmente alguns pedaços, não satisfeita andou com suas patas de gata pelo apartamento inteiro, parecia sua casa.

Não tinha a intenção de criar um gato, além do que, Igor não os simpatizava. Peguei a gatinha no meu colo e levei-a de volta para o térreo. A bichinha miou e arranhou com desespero a porta de
vidro que fechei para nos separar. Não tive saída, abri a porta e agarrei a bonita.

-Vou cuidar de você, e você da nossa família, pensei em voz alta e embriagada.
Nem sabia que ela era gata ainda, por isso pensei em chamá-la de Matias, logo mudei de idéia e optei por Matisse, em homenagem ao pintor Henri Matisse, além do nome ser útil no sexo ainda indefinido.
Um mês depois, Matisse já é da família. Hugo não larga a bichana e a inclui em algumas de suas brincadeiras, e vice-versa. Igor ainda anda em negociação, mas cuida dela melhor que eu.

Estava a tempos pensando em ter um bicho de estimação, mas não tinha coragem de assumir o compromisso. Matisse apresentou-se, arriscou-se a uma possível e previsível cuidadora, não consegui recusar. Agora, também faz parta do Outro Lugar ao sentar no meu colo enquanto escrevo.

2 comentários:

  1. A gata mais parceira que já conheci!rs

    ResponderExcluir
  2. Deu até vontade de chorar, eu agradeço pelos animais abandonados, seria bom se todos fizessem o mesmo. Bjos

    ResponderExcluir

Seguidores